Ereção de Elefante

Dois espíritos musicalmente perturbados e rodeados pela imponente metrópole Belo Horizonte decidiram juntar-se para fazer barulho. Surgiu então o Ereção de Elefante, que como os próprios indivíduos (André Pádua e Ciro Trevisan) contam, foi completamente influenciado pelo duo Test.

Os temas abordados nesse cataclismo sonoro são engajados e descompromissados, simultaneamente. Esse é um dos pontos fortes da dupla. Criticar sem perder a irreverência. Outra coisa que chama a atenção é a alternância entre os vocais. Sim! Essa é outra tendência que enriquece ainda mais o Grindcore e seus estilos derivados. Ciro, além de arrebentar tudo na bateria ainda auxilia André-da-guitarra-onipotente nos vocais.



A ausência do baixo (!) não é sentida em nenhum momento. O único registro dos caras data do final de 2013. “Insulto”, LP com 14 faixas e vinte minutos de megalomaníaca execução reúne elementos de Grind, Crust, Punk, Mathcore, Sludge e Noise! Gargantas arrebentando, bateria no talo e guitarra-baixo. Esses são os temperos que os dois mineiros vomitam sobre o ouvinte. O álbum pode ser conferido na íntegra no Youtube ou no Bandcamp. Destaque para “Pauduroeuamompb” e “avidamodernaébacana”. Minas também é Grind!


O primeiro ao vivo do ExDxEx também está disponível aqui!

Por Éber Deina
Ereção de Elefante Ereção de Elefante Reviewed by Éber Deina on 16:21 Rating: 5

Nenhum comentário

Social Buttons